21/04/2008

Afinidades Profundas IV



7.30h (sábado)

O meu relógio biológico não me deixou dormir mais. A noite tinha sido esplêndida, fantástica. Vi que ainda era cedo para acordar mas acabei por me levantar depois de uma valente espreguiçadela e deixei a Sofia a dormir profundamente. E o Eu...será que continuava na sala ? Fui espreitar e não o vi. Humm...será que saiu ? A porta do quarto da Sofia estava entreaberta e fui ver. Lá estava ele lindo...deitado em cima da cama de barriga para baixo – Parece-me que assistiu ao espectáculo, desconfiei quando reparei nos boxers meio despidos. Aproximei-me e vi que a mão segurava o pau ainda húmido de esporra. - Humm tesudo, gozaste bem !!
Não resisti áquele cenário e deitei-me na cama também. Rocei-me nele devagar e senti-lhe o cheiro. Começou a acordar lentamente e virou-se. – Uau...que bela surpresa logo de manhã, disse Eu quando deu pela minha presença. – Andaste a espreitar-nos não foi? perguntei-lhe a sorrir enquanto lhe apalpava o pau com aquela animação característica da manhã. – Espreitei sim e as meninas encheram-me de tesão, disse Eu. Segurou-me a cabeça com as mãos e beijou-me a boca, lambuzando-me toda. Ainda com a minha cabeça entre as mãos empurrou-me até que a minha boca lhe tocasse o pau, - Chupa puta ! Hum..e chupei-o devagar...adoro chupá-lo, muito mais quando ainda sabe a esporra. Não me entusiasmei muito até porque tinha algo reservado para ele. – Vamos acordar a Sofia ? sugeri-lhe.
Entrámos no nosso quarto e a Sofia já se tinha levantado. Ouvimos um barulhinho de água e espreitámos na casa de banho. Tinha preparado um banho aromático e lá estava ela apetitosa naquela banheira. Encostei o Eu à parede e disse-lhe ao ouvido – Meu querido, está na hora de me retribuires o espectáculo que te proporcionei...- Como assim ? perguntou-me. - Adorava ver-te comer aquele rabo que eu sei que tu adoras..., disse-lhe com malícia. Ele ficou sem saber muito bem o que fazer, mas sem dúvidas que o iria fazer. Antes dele entrar recomendei-lhe que fosse gentil, e lembrei-o que a Sofia tinha alguma paranóia em relação à questão.
Fiquei na porta e ele entrou apanhando a Sofia de surpresa. Não estava à espera de ver o Eu ali na casa de banho, muito menos todo nu. Sofia olhou para a porta entreaberta e lançou-me um sorriso cúmplice que eu retribui. Saiu da banheira e a espuma ainda escorria no seu corpo brilhante do óleo aromatizante do banho. Eu foi directo ao assunto e cravou-lhe os dedos em ambas as nádegas. Ela sabia bem da sua fome. Como cavalheiro que é Eu sussurou-lhe ao ouvido. – Minha querida prometo que vou ser gentil e até vais pedir mais..., virou-a de costas para ele e agarrou-lhe nas mamas enquanto encostava o pau já duro de tanta tesão no rabo dela. – Vou começar por te chupar essa ratinha...eu sei que gostas...e preparar esse rabinho. A respiração de Sofia acelerava...- quero-te de quatro com esse cu bem espetado e aberto. Ela assim fez.
Eu começou a passar a lingua na coninha dela e ela deliciada gemia...chupou-lhe aquele grelo grosso e Sofia pôde confirmar aqueles minetes de que eu tanto lhe falava. Subiu com a lingua e começou a lambuzar-lhe o buraquinho do cu, enfiando-lhe a lingua e o dedo devagarinho. Sofia estava deliciada...-uiii que bom esse dedo...devagar...ahhh. Eu puxou-a para cima para lhe sussurar ao ouvido...- vou enfiar a cabecinha bem devagar...quando quiseres todo diz-me..., e Sofia retomou a posição de quatro.
Eu agarrou no pau e empurrou-o contra aquele buraquinho tão fechadinho de Sofia. Ahhhh...ela resistiu um pouco...ele tirou molhou mais o cuzinho, investiu de novo e a cabecinha do caralho escorregou devagar para dentro daquele rabo. Eu parou...mas tinha vontade de rebentar tudo. Sofia arfava...- estou a magoar-te ? queres que tire ?...perguntou Eu...- não, enfia mais...mas devagar – gemeu ela.
O caralho começou a deslizar por aquele cu acima e acabou por desaparecer todo.
AHHHHHH...gritou Sofia...- tás tão grosso...foda-se...dói mas é tão bom. E ficou assim com o pau entalado naquele buraquinho por uns instantes. – aiii dá-me no cu...fode esse buraquinho...gemeu Sofia em delírio por sentir-se de cu cheio.
Agora sim, Eu começou a deliciar-se naquele rabo e começou a dar-lhe estocadas devagar. Sofia tomou-lhe o gosto...- ui que bom..dá-me com mais força...- toma nesse cuzinho, afinal gostas duma enrabadela porca...- ahhh gosto sim, dá-me mais caralho... gritava Sofia...- ...enterra-me tudo cabrão...- toma puta...uhhh...que peida... – uii esses colhões a baterem na minha ratinha...- e estão tão cheios vaca...Tirou o pau e viu aquele cu todo aberto,...- humm delicioso...enterrou tudo outra vez e repetiu aquele vai e vem com mais força no meio dos grunhidos de Sofia. Quando estava prestes a esporrar-se todo agarrou no caralho e olhando para mim chamou-me com o dedo. Sofia estava extasiada no chão e juntei-me a ela. Enquanto olhava para nós acabou de puxar a esporra com uma punheta e despejou tudo em cima de mim e da Sofia...- ahhh tomem suas putas tesudas !!
Amor com amor se paga !!

9 comentários:

Casal Sexy Rabbits disse...

Belo acordar sem dúvida. ;)
Assim vale a pena...

Abreijos
José e Maria

Zona Foto disse...

que bela acordar e que texto... mais... excitante :)
E como ficou a Sofy do seu dito? :)

Casal Tuga disse...

Finalmente conseguimos comentar! :-)
Queremos em primeiro lugar dar-vos os parabéns pelo blog...
...Esperemos que tenham a consciencia que são responsaveis por muita humidade nas partes baixas, de muito boa gente! ehehehe
Ha bastante tempo que passamos por aqui, mas só agora conseguimos fazer um comentario, enfim!
Continuem a levantar o astral ( e não só),a quem vos segue com entusiasmo e atentamente, neste blog!

Bjs

Casal Tuga

Lovely Miss D disse...

Voltei. Mas tem atencao ao meu endereço porque mudou. Altera nos teus favoritos e link, sff.

Beijinhos.

Amante da Vida disse...

Poucos mas bons ... esses momentos que por aqui pôes.

Um Beijo

Amante da Vida disse...

Poucos mas bons ... esses momentos que por aqui pôes.

Um Beijo

Espirito da Lua disse...

Olá esperamos por vcs;)

Bj Lua

Lovely Miss D disse...

Obrigada pelo comentário :-)

Lovely Miss D disse...

Realmente temos muito em comum!